O Infotecnologia mudou de blog

Agora estamos em: http://www.tekkdown.com/

Anúncios

Asus confirma Jelly Bean nos tablets mais recentes e explica porque o Nexus 7 não tem câmara traseira

A Asus foi a empresa escolhida pela Google para criar o tablet Nexus 7, o primeiro dispositivo com Android 4.1 . Por este motivo é esperado que a fabricante taiwanesa seja a primeira a fornecer a atualização para a nova versão do Android.

Mas a Asus não conseguiu ser a primeira a anunciar, visto que a HTC confirmou a disponibilização do Jelly Bean para alguns telemóveis, em primeiro lugar. Segundo umcomunicado divulgado, os tablets Transformer Prime, Transformer Pad TF300 e TF700 são os primeiros da linha a receber a versão mais recente do Android.  A empresa adiantou ainda que está a estudar a possibilidade de aumentar o número de dispositivos que receberão a atualização, mas “ainda não existe de momento uma posição para confirmar se outros produtos serão elegíveis na atualização”. O tablet Asus Transformer original e o Eee Pad Slider estão nesta situação de indecisão.

Os “meses vindouros” são a data apontada pela fabricante taiwanesa para a chegada do Jelly Bean aos dispositivos e mais informações serão reveladas com o aproximar da data oficial de lançamento. O tempo de espera não deverá ser grande pois a Asus foi a primeira fabricante a poder trabalhar com o Android 4.1, durante a construção do Nexus 7. O facto de a empresa não usar costumizações muito «pesadas», poderá acelerar ainda mais o processo, tendo em conta que o TouchWiz da Samsung ou o Sense da HTC são alguns dos principais responsáveis pelas demoras nas atualizações destas marcas.

A empresa oriental veio ainda a publico defender a decisão de não ter colocado uma câmara traseira no tablet feito em parceria com a Google. Segundo a Asus, apenas existiam duas hipóteses para o Nexus 7 ter um sensor fotográfico na parte de trás: ou era barato e de fraca qualidade, ou era de boa qualidade e consequentemente mais caro. Como o objetivo do dispositivo é manter-se barato e atrativo para os consumidores e como uma câmara fraca poderia comprometer o nível de qualidade da restante tabelete, a opção acabou por ser apenas a inclusão de uma câmara frontal.

Fonte: Tecnologia

Windows 8 à venda a partir de 26 de outubro

Os rumores confirmam-se. A Microsoft oficializou a data em que a nova versão do sistema operativo mais utilizado do mundo, o Windows, estará à venda.

É no próximo dia 26 de outubro que oWindows 8 é oficialmente posto à venda e disponibilizado em novos computadores. OWindows 8 vem, mais uma vez, modificar a forma como vamos utilizar o computador, sendo claro que este sistema operativo é pensado para os ecrãs táteis, tanto para computadores com ecrãs táteis e tablets.

O formato Metro é a principal novidade, mas não é a única. O Windows 8 tem monitorização para menores incorporada e se comprar um computador novo agora, poderá atualizar para do 7 para o Windows 8 por 15€.

A última versão Beta do Windows 8 já anda por aí e promete fazer a diferença. A grande novidade vai para os tablets com Windows 8, várias fabricantes já indicaram que vão produzir tablets com Windows 8 e a própria Microsoft já apresentou um, o Microsoft Surface. O Office 2013 também já foi apresentado.

Fonte: Tecnologia

Consumidores mais satisfeitos com Google+ que com Facebook

A onda de pessimismo em torno do Facebook não é nova e, ultimamente, as coisas não estão fáceis para a maior rede social do mundo.

Depois de muitas críticas provocadas por ter alterado os emails dos utilizadores, o Facebook aparece agora como um dos cinco dos sites mais mal avaliados no ranking da ACSI, o Índex de Satisfação do Consumidor Americano.

No ranking, o Facebook registou apenas 61 pontos em 100, sendo ultrapassado mesmo pelo Google+ que, estreante nesta pesquisa, registou 78 pontos. A verdade é que as redes sociais em geral não conseguiram obter grandes pontuações sendo que os motores de busca, como Google (82 pontos) e Bing (81) foram mesmo os que registaram maior satisfação.

Para os maus resultados do Facebook, contribuíram as críticas à privacidade, excesso de anúncios e a Timeline, bem como os problemas da app para smartphones. Quanto ao Google+, foram elogiados o seu maior compromisso com a privacidade, “a ausência de publicidade tradicional e uma experiência melhor em dispositivos móveis”, explica o Exame.

Apesar de a maioria dos utilizadores não estar ainda disposto a abandonar a rede, mesmo criticando muitos dos seus aspetos, o ASCI lança a previsão: “Se o Google+ continuar a atrair utilizadores a este ritmo, o Facebook corre o risco de perder a sua vantagem”.

Fonte: Tecnologia

Criança de oito anos é especialista em informática certificada pela Microsoft

Com apenas oito anos de idade, Shafay Thobani saiu do anonimato e tem sido notícia nos media de todo o mundo. A sua genialidade atravessou as fronteiras do Paquistão, de onde é natural, e já há quem o apelide de novo Bill Gates.

Por outro lado o epíteto de mais novo especialista em informática do mundo certificado pela Microsoft (MCTS) tem gerado alguma discordância. 

Nascido no Texas, Estados Unidos, em 1994, este pequeno prodígio começou aos quatro anos de idade a mexer com computadores. Os pais cedo perceberam a sua aptidão para a informática e a sua capacidade de cálculo e raciocínio acima do normal para a idade, e logo trataram de incentivar o talento de Shafay: aos sete anos de idade o único objetivo da criança passou a ser o certificado da Microsoft.

Chave do sucesso: aulas de informática diárias

Mas o papel carimbado pela empresa de Bill Gates só foi conseguido graças a muito estudo e disciplina. Durante um ano Shafari viu rotinas e horários planeados meticulosamente em função do seu novo objetivo. Pelo menos cinco horas por dia eram dedicadas em exclusivo a aulas de informática. O pai há mais de duas décadas no ramo e CEO na empresa Thobson Tecnologies foi o seu principal tutor.

O exame confirmou o talento do miúdo que gosta sobretudo de programação em rede: obteve 91 por cento de classificação. Na prática o certificado não garante um emprego na Microsoft mas comprova o domínio da criança na área.

Quando crescer Shafay quer “ser como o pai”

Com o diploma nas mãos não faltam projetos para o futuro. Shafay ainda é uma criança, brinca e diverte-se como os miúdos da sua idade. Mas os desejos para os próximos tempos talvez sejam mais especiais do que os desejos de uma típica criança de oito anos. O pequeno paquistanês gostava de conhecer o ídolo Bill Gates, seguir os passos do pai ou ajudar o seu país de origem.

Criar a própria empresa de tecnologia é também um dos objetivos de Shafay que até já tem uma página na Internet.

Microsoft rejeita título de “mais novo do mundo”

O Paquistão tem sido pródigo em criar autênticas crianças prodígio. Não é por acaso que Shafay roubou o título de MCTS mais novo do mundo à conterrânea Arfa Karim que conseguiu o certificado da Microsoft aos nove anos. No entanto, e apesar de a Microsoft legitimar o diploma, de acordo com a ProPakistani, a gigante informática está preocupada com o ritmo que estas auto-nomeações de crianças prodígio, algumas delas falsas, têm alcançado.

De acordo com o site informativo paquistanês, fonte da empresa de Bill Gates rejeitou o título de Shafay de mais jovem MCTS do mundo e assegurou também que a Microsoft não mantém um registo baseado na idade dos profissionais que certifica.

Fonte: Tecnologia

Nokia tem prejuízo de mil milhões de dólares no 2º Trimestre

As coisas não vão bem para a Nokia, osprejuízos são cada vez maiores, a quebra na venda de smartphones é muita, mas há boas notícias, a linha Lumia cresce.

Nokia voltou a ter prejuízos enormes, continuando os péssimos resultados que foram apresentados no 1º Trimestre deste ano. Este ano tem sido negro para a Nokia, que até perdeu a liderança no mercado de vendas de telemóveis para a Samsung e, neste 2º trimestre, teve 1,41 milhões de Euros de prejuízo.

A principal causa destes prejuízos é a quebra no mercado dos telemóveis, que chegou perto dos 35%.

A boa notícia é a linha Lumia que conseguiu aumentar as vendas, para 4 milhões de unidades, quase duplicou comparativamente ao trimestre anterior, que fez com que, apesar deste mau anúncio, tenha feito a cotação da Nokia aumentar em bolsa.

As previsões da Nokia para o próximo trimestre não são melhores, são iguais a este trimestre. A reestruturação da Nokia, que anunciou o despedimento de 10 mil funcionários, continua e não se sabe quando termina. Até a Vertu, a unidade de telemóveis de luxo, foi vendida.

A aposta da Nokia é claramente os Lumia. A Nokia acabou de reduzir o preço do Nokia Lumia 900, numa tentativa de aumentar as vendas e está a preparar um Lumia com a tecnologia PureView, presente no Nokia 808 PureView.

Fonte: Tecnologia

Medal of Honor: Warfighter oferece beta de Battlefield 4

A Electronic Arts confirmou odesenvolvimento de Battlefield 4 através do sistema de pré-encomendas para Medal of Honor: Warfighter, que será lançado em outubro de 2012.

Ao fazer a pré-encomenda da edição limitada de Medal of Honor: Warfighter é oferecida uma password para aceder à versão beta de Battlefield 4, que será disponibilizado no outono de 2013. O jogo em si ainda não tem data de lançamento, nem se sabem quaisquer outros detalhes a não ser o facto que está em desenvolvimento.

Battlefield 3 foi lançado em outubro de 2011 e foi um sucesso crítico e comercial, tendo vendido perto de 12 milhões de cópias no seu primeiro mês de vendas. A Electronic Arts tem apostado em peso na franquia Battlefield, em especial no jogo Battlefield 3 com o sistema de subscrições Battlefield Premium, que oferece conteúdos exclusivos. Lançado em junho de 2012, o serviço de subscrição conseguiu 800 mil assinaturas nas suas primeiras duas semanas. Além das assinaturas, já foram lançados dois DLC com conteúdo adicional e há mais três planeados para os próximos meses.

O facto de Battlefield 4 ser anunciado menos de um ano depois do seu antecessor e numa altura em que a companhia está ainda a investir forte em Battlefield 3, levou os mais críticos a dizerem que o anúncio foi feito cedo demais. Mas tendo em conta as vendas altas e consistentes da série, a data em que o jogo é anunciado acaba por se tornar na irrelevante. Apenas as vendas importam e nesse ponto Battlefield nunca desilude.

Fonte: Tecnologia

Marissa Mayer é a nova presidente da Yahoo!

A norte-americana de 37 anos, que troca a Google pela Yahoo!, sucede na presidência a Scott Thompson, afastado do cargo em maio de 2012 devido a suspeitas de ter mentido no currículo.

ex-vice-presidente para os serviços de geolocalização e  antiga responsável pela imagem de alguns dos produtos mais utilizados da Google, incluindo o Google Search, o Gmail, Google News e o Google Images, era uma das caras mais visíveis da empresa.

A sua nomeação para o cargo na Yahoo! não deixa de ser surpreendente tendo em conta o atual momento da empresa, que tem lutado nos últimos anos com a Google e o Facebook para se afirmar e atrair jovens executivos qualificados e talentosos. Mayer vem ocupar o lugar deixado vago por Thompson, que esteve na presidência apenas quatro meses, vendo a sua direção cair em desgraça por causa de uma fraude no curriculum vitae.

nova CEO já classificou a Yahoo! “uma das melhores marcas do mercado da internet”. Em comunicado enviado à imprensa, Mayer disse sentir-se “honrada e feliz” por ocupar o lugar de um dos principais destinos na Internet, com mais de 700 milhões de utilizadores. “Estou ansiosa para trabalhar com os funcionários dedicados da companhia e para trazer produtos inovadores, conteúdo e experiências personalizadas para os usuários e anunciantes em todo o mundo “, acrescentou.

De programadora a vice-presidente na Google

Mayer foi para a Google em 1999 e fez parte do leque dos primeiros 20 empregados da multinacional, tornando-se também a primeira mulher contratada pela empresa. Engenheira por formação, começou por ser programadora na Google. Passou depois para a vice-presidência para os produtos Google e atualmente fazia parte do comité operacional, juntamente com um grupo restrito de altos executivos da empresa,  com capacidade de decisão no gigante norte-americano.

Mayer chegou a constar da lista da Fortune como uma das 50 mulheres mais poderosas do mundo e chegou a ser a mais nova de sempre na lista. Com o novo cargo na Yahoo!, a americana de 37 anos junta-se assim a um grupo restrito de mulheres que ocupam posições de topo em Silicon Valley. Outro exemplo de sucesso feminino é  Sheryl Sandberg, diretora de operações do Facebook.

Com o cargo de presidente executiva Mayer terá pela frente a dura batalha de reerguer aYahoo!, destronada no mercado pela Google e pelo Facebook.

Fonte: Tecnologia

Google Nexus 7 está à venda há 3 dias e já está esgotado

Está a ser um sucesso o novo tablet da Google, o Google Nexus 7. As principais lojas físicas já têm o Nexus 7 esgotado e só deverá estar disponível entre 1 a 2 semanas.

Os tablets low cost de alta qualidade estão a ser um sucesso de vendas e o Nexus 7promete seguir as pisadas do Kindle Fire, da Amazon, e roubar uma boa fatia de mercado ao iPad. A Amazon terá vendido mais de 6 milhões de unidades em 2 meses.

Segundo o site CNet, várias lojas nos Estados Unidos que estavam a vender o tablet já têm o produto esgotado e com uma estimativa de entrega entre uma a duas semanas. Distribuidores como a GameStop ou a Staples já não têm tablets da Google para vender.

A política de vendas idêntica à da Amazon, conseguindo um produto de topo por um preço muito reduzido, a versão de 8 GB custa 199 dólares, enquanto a versão de 16 GB já chega aos 149 dólares.

Fonte: Tecnologia

Nokia em dificuldades baixa para metade preço do Lumia 900

A Nokia reduziu para metade o preço dosmartphone Lumia 900 nos Estados Unidos da América. A promoção pretende atrair clientes, que têm sido cada vez mais seduzidos pelos modelos das rivais Samsung ou Apple, mas foi recebida negativamente pelos investidores, que viram a ação como um ato de desespero em virtude do mau momento da empresa.

Com efeito, A Nokia, outrora líder de mercado no segmento dos telemóveis, tem registado alguns prejuízos muito em parte devido à aposta tardia neste tipo de telemóveis inteligentes e luta  por um lugar entre os maiores vendedores do ramo.

De acordo com a Reuters, a Samsung vendeu cerca de 50 milhões de smartphones no segundo trimestre deste ano e a Apple 30 milhões de iPhones, ao passo que a Nokia não ultrapassou os dez milhões de smartphones.

O certo é que as ações da empresa finlandesa estão em queda e a Nokia tem mesmo passado por um período difícil marcado, por exemplo, pelo corte no rating para “lixo”, ou pelo anúncio do despedimento de 10 mil trabalhadores no mês passado, uma das medidas adotadas na reestruturação da empresa.

O Lumia 900, lançado apenas há três meses, custa agora apenas 40 euros. Em Portugal osmartphone foi lançado este mês e ronda os 500 euros.

O corte no preço, justificado pela Nokia como fazendo parte de “um ciclo normal na gestão do equipamento” poderá traduzir-se pela sua dificuldade em implantar-se no mercado e constitui um novo indicador de que a empresa já teve melhores dias.

Fonte: Tecnologia