Valor das ações da Apple e Google cai depois dos anúncios na WWDC’12

Por muito grandes ou pequenas que sejam asrevelações, as grandes empresas de tecnologia com presença na bolsa têm sempre que preocupar-se com a imagem que passam aos investidores. Depois da conferência de desenvolvedores da Apple,nem a empresa de Cupertino nem a rival Google ficaram com motivos para sorrir.

Enquanto o mundo abre a boca de espanto ao ver a Apple apresentar novos produtos, novos serviços e novas aplicações, os engravatados da economia são menos emocionais e mais racionais. Apesar das grandes mudanças anunciadas, como os MacBook com ecrãs Retina ou aintegração do Facebook no iOS 6, parece que o mercado de valores não se entusiasmou muito. As ações da Apple tinham terminado a semana nos 580 dólares. Na segunda-feira dia 11 de junho, as ações da marca da maçã abriram a ganhar, chegando a valorizar cerca de 8 dólares. Mas o pior veio depois da WWDC’12 ter terminado: o valor comercial de cada título da empresa de Cupertino fechou nos 571 dólares, baixando quase 1,5 % relativamente ao último dia de bolsa e representando uma perda de 3% dentro do mesmo dia.

Ninguém duvida que a Apple continua a apresentar alguns dos melhores produtos tecnológicos do mercado, e o anúncio da nova gama de portáteis com ecrãs de alta definição prova isso. Mas para os bolseiros de Wall Street, a multi-nacional norte-americana já não tem mostrado a mesma capacidade de impressionar e de inovar que durante anos a caracterizou. As atualizações feitas aos produtos são quase todas a nível de hardware, o software e em especial o iOS 6 não apresentou nenhuma novidade chocantemente genial. Os produtos da Apple têm-se mantido os mesmos, ainda que melhorados, mas o mercado financeiro não gosta muito dessa tendência. É mau para os negócios dizem os entendidos.

A economia tem andado tão cerrada, que nem a infelicidade de uns justifica a felicidade de outros: nos dias atuais todos pagam com fatura negativa. Que o diga a Google, que mesmo vendo as ações da Apple a cair, não conseguiu que os seus títulos tivessem destino diferente. A culpa esteve no facto de a empresa de Cupertino ter apresentado um serviço de mapas próprio na nova versão do iOS, o que invariavelmente traduz-se num perigo iminente para a hegemonia do Google Maps. Os investidores já se sabe, não gostam de perigo. As ações da Google  apresentavam uma ligeira perda antes do início da WWDC’12 no dia 11 de junho, mas mal terminou a conferência, as ações acabaram o dia a perder quase 2%, valendo agora perto de 568 dólares cada.

Pouco se sabe sobre o verdadeiro peso que o serviço Google Maps tem nas finanças globais da gigante dos motores de busca. Mas um serviço de mapas concorrente, que aparece pelas mãos da empresa rival e vai fortalecer ainda mais o sistema operativo e telemóveis inimigos, caem sempre mal aos olhos dos investidores.

Apesar do dia negativo que as duas empresas tiveram, ninguém duvida do seu valor e da capacidade que têm e continuarão em ter no mundo da tecnologia e dos serviços tecnológicos. Basta a Apple anunciar que a Siri suporta mais um conjunto de línguas novas e a Google dizer que ativa por dia 900 mil Androids, e as perdas do dia 11 passam rapidamente a ganhos nos restantes dias da semana.

Fonte: Tecnologia

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s