Criadores do vírus Flame e do Stuxnet trabalharam em conjunto

Duas empresas de segurança, a Kaspersky e a Symantec, afirmaram que existe código idêntico em ambos os malwares, o que significa que os criadores partilharam.

agência Reuters conversou com funcionários das duas empresas de segurança informática e ambas indicaram que oscriadores terão partilhado código.

Eugene Kaspersky, executivo da Kaspersky, disse à Reuters que os investigadores encontraram uma parte do código que é utilizada no “Flame” que foi utilizado no Stuxnet. O Flame é o vírus informático mais complexo de sempre.

Kaspersky afirma que são duas equipas distintas, que terão trocado informações, nomeadamente o código, que aparece nos dois malwares. Também Liam O Murchu, da Symantec, concordou que o Flame e o Stuxnet têm partes de códigos iguais.

Segundo as indicações dadas por ambas as empresas, são duas equipas distintas, o que significa que há, pelo menos, duas equipas capazes de criar vírus informáticos poderosos como o Flame e o Stuxnet, com capacidade para roubar dados e infectar sistemas.

Flame já não será perigoso, já que os criadores do Flame terão ordenado a desativação do malware, sem deixar qualquer rasto da sua presença.

Fonte: Tecnologia

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s