Que aplicações para Smartphone guardam os nossos dados?

Manter a nossa privacidade em segurança é um dos objectivos com mais prioridade da maioria dos internautas. Há uma preocupação crescente no que respeita às redes sociais e motores de busca, mas também em relação a centenas de aplicações disponíveis, quer na App Store quer no Google Play, para o nosso smarthphone. Aplicações que, à primeira vista, são inofensivas, mas podem estar a guardar os nossos dados sem autorização, para fins que nos são desconhecidos.

app

Quando instalamos uma aplicação no nosso smartphone, normalmente o sistema da mesma tem alguns requisitos, como acesso à Internet, Localização, entre outros dados. Mas será que todas pedem? E esses dados ficam guardados? Para que fins?

Aqui fica uma lista de algumas aplicações para o smartphone que guardam os nossas dados:

FOURSQUARE

Hendel_Foursquare_9-22_post2

A rede social de geolocalização, Foursquare, requisita dois tipos de informações para fazer login: e-mail ou número de telefone. E foram exactamente essas as informações que a rede social copiava dos seus utilizadores, sem qualquer pré-aviso ou autorização, segundo indicam investigadores da Tapbots. Recentemente o Foursquare colocou como mensagem na aplicação “Para localizar os seus amigos, nós enviamos a sua lista de contactos para os nossos servidores. Não se preocupe, é enviado de forma segura e nós não guardamos nada.”

INSTAGRAM

instagram-logo-iphone-kevin-systrom

A famosa câmara fotografica retro para iPhone que também funciona como uma pequena rede social, acedia a informações de e-mail, números de telefone e primeiro e segundo nome dos utilizadores sem aviso e autorização. Após a última grande actualização da app, eta passou a exibir a seguinte mensagem no recurso de pesquisa de amigos “Para localizar os seus amigos, nós precisamos de enviar a sua lista de contactos para os nossos servidores, através de uma ligação segura.”

VOXER

voxer_tech_live

A aplicação que transforma o smartphone, iPhone ou Android, num Walkie Talkie, também é uma das que guarda os nossas dados sem autorização. Durante a sua utilização, o Voxer guardava o e-mail, primeiro e segundo nome e ainda o número de telefone do utilizador.

WHATS APP?

whatsapp (1)

Uma das mais faladas aplicações para smartphone é o WhatsApp. Esta aplicação permite a troca de mensagens entre smartphones, como SMS, apenas tendo acesso à Internet. No não é apenas esta a troca que a aplicação permite, uma vez que acede aos números de telefone sem qualquer notificação e, basta clicar-se nos favoritos, para que todos os nossos amigos surjam.

TWITTER

Smartphone-with-Twitter-007

Também a rede social Twitter guarda os nossos dados. Segundo os investigadores da Tapbots, a aplicação acedia a informações do utilizador como e-mail, número de telefone e lista de contactos do telefone. Similar a outros casos, o Twitter colocou a seguinte mensagem na categoria de encontrar amigos “Nós guardamos com segurança os seus contactos para ajudá-lo a encontrar amigos e sugerir sugestões para seguir.”

PATH

36de8__120124074540-path-app-smartphone-story-top

A rede social Path, destinada a amigos íntimos, também guardava os dados dos seus utilizadores, como a sua lista de contactos, sem pré-aviso ou autorização. Após se ter descoberto esta situação, no início de Fevereiro de 2010, a empresa da aplicação referiu ter errado no sistema e apresentou de imediato uma actualização. Nessa actualização o utilizador pode escolher entre enviar ou não as suas informações para o Path, e ainda vem acompanhada pela mensagem “Lamentamos pelo incómodo se a nossa aplicação usar os seus contactos do iPhone.”

APPLE

iphone_apps52156

Foi através de uma reportagem do “The New York Times” que se detectou uma falha grave nas aplicações da App Store da Apple. Essa falha indica que as aplicações retiradas da App Store dão total acesso às imagens que se encontram no iPhone do utilizador, permitindo copiá-las sem que este se aperceba. Para que isso seja possível, basta que o utilizador apenas tenha autorizado que a aplicação tenha acesso à localização do smartphone.

GOOGLE

Nexus-One-smartphone-007

Mas a Google também não escapa a essa mesma falha e, também a reportagem da “The New York Times” deu a conhecer os problemas de privacidade das aplicações o Android. No entanto, parece que estes são um pouco mais graves. Ao contrário da App Store, as aplicações para Android apenas necessitavam de acesso à Internet. Segundo um dos investigadores que a repostagem inquiriu “A aplicação pode copiar todas as fotografias para um servidor remoto sem que o utilizador desconfie”.

FACEBOOK

facebook_slide

Como não podia deixar de ser, quando se fala em falta de privacidade o Facebook tem que estar presente. E, apesar da rede social fundada por Mark Zuckerberg já ter sido alvo de variados processos derivados pela questão da (falta) de privacidade, parece que os utilizadores continuam a não achar isso um problema, mas até um facilitador da partilha de informação. No entanto, a verdade é que, segundo os investigadores da TapBots a aplicação recolhia informações de clientes de forma a facilitar a sia identificação. Entre essas informações estão e-mail, números de telefone e nomes próprios. [Uol]

Estes são alguns exemplos de aplicações que guardam os nossos dados, a grande dúvida é saber para que fim. Será que os publicam? Será que é apenas para uma melhor funcionalidade da própria aplicação? Serão essas falhas pequenos erros de sistema ou própósitos esquecimentos?

Fonte: Pplware

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s