Adobe desiste do Flash para dispositivos móveis

O Flash Player para os dispositivos móveis tem os dias contados. O anúncio foi feito pela própria Adobe no blog oficial e onde fica também definido que o HTML 5 e o mercado das aplicações serão as futuras áreas de aposta da empresa.

A Adobe vai parar o desenvolvimento do Flash Player para os navegadores móveis e para as diferentes versões de sistema operacional. A decisão de matar o Flash recai um pouco sobre a nova linguagem HTML 5. Segundo o comunicado da empresa “o HTML 5 é agora universalmente suportado pela maioria dos dispositivos móveis, e em alguns casos exclusivamente. Isto faz do HTML 5 a melhor solução para criar e desenvolver conteúdos para os browsers das diferentes plataformas móveis”.

Apesar de descontinuar o desenvolvimento do plug-in para os navegadores móveis, a Adobe garante o suporte do Flash nos Androids e no Playbook da RIM, continuando a corrigir os bugs e assegurando actualizações de segurança. O Flash Player nos Androids sempre foi considerado como uma mais valia, ainda que não muito estável pelas constantes falhas de reprodução e segurança.

A decisão de acabar com o flash nos smartphones e tablets aparece um dia depois de a Adobe ter anunciado o despedimento de 750 trabalhadores nos mercados da América do Norte e Europa, segundo noticia o site AllThingsD. O despedimento dos funcionários e a descontinuação do desenvolvimento do Flash para dispositivos móveis parecem fazer parte de um conjunto de medidas de reestruturação corporativa. A aposta da empresa passa agora por incentivar os desenvolvedores a utilizar a ferramenta Adobe AIR para criar aplicações nativas para as principais plataformas.

O sistema operativo Android perde assim um dos seus grandes trunfos que o diferenciavam do sistema operativo da Apple, que sempre teve uma posição contrária ao uso do Adobe nos seus dispositivos móveis. Como escreveu Steve Jobs em 2010 numa carta aberta a falar sobre o plug-in da Adobe: “o Flash simplesmente não é de confiança, seguro e rápido o suficiente para estar nos nossos dispositivos”.

Depois de acabar com o Flash Player para os dispositivos móveis, muitos são os que acreditam que o mesmo vai acontecer para as versões desktop. A web está a migrar aos poucos para o sistema de aplicações e para o HTML 5, pelo que não tarda muito, o Flash nos pc’s também não fará muito sentido. É só uma questão de se encostar para trás e esperar.

Fonte: Tecnologia

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s